quarta-feira, 8 de maio de 2013

Trepanação...

   A palavra trepanação é derivada do grego "trupanon" (abir buraco). 

   Trepanação é umas das mais antigas práticas da medicina cirúrgica, sendo ainda praticada por algumas tribos africanas. Consiste no processo de abertura de um ou vários buracos no crânio, ocorrendo até, a retirada de pedaços.
   Há muitas teorias relacionadas à pratica da trepanação, sendo que no passado era muito usada para aliviar a pressão no cérebro causada por traumas, eliminar os maus espíritos, livrar as pessoas de demônios e outros fatos ligados a parte espiritual. Durante a Idade Antiga e Média foi muito utilizada por todos esses motivos, sendo posteriormente (até os dias de hoje) usada apenas para fins terapêuticos. Já foram observadas evidências do procedimento de trepanação que datam mais de 5.000 anos atrás.
   Segundo algumas teorias, a trepanação melhora a inteligência do homem. Essas teorias não tem comprovação científica. Acreditem ou não, essa prática ainda é utilizada hoje em dia, com a intenção de aumentar a inteligência. 
   Na medicina neurocirúrgica o procedimento de trepanação é realizado por uma broca especializada para criar aberturas para drenagem de hematomas, introdução de cateter cerebral, entre outros procedimentos. Em casos de craniotomia, são feitas várias trepanações para criar-se um polígono ósseo para a retirada do crânio.
   Um fato curioso foi a auto-trepanação feita por uma artista britânica, Amanda Feilding.
Amanda sofria de uma doença que a deixava muita exausta e por anos procurou ajuda na medicina na busca de que algum médico realiza-se uma cirurgia em sua cabeça, no caso, a trepanação. Aos 27 anos, como não encontrava nenhum médico disposto a ajudar, resolveu realizar ela mesma o procedimento. Com uma broca de dentista operada por um pedal, óculos para que o sangue não escorresse em seus olhos, realizou a auto-trepanação. Para a incisão inicial usou um bisturi e de tempo em tempo tinha que submergir a broca para resfriá-la. Segundo Amanda, apesar de ter perdido cerca de um litro de sangue,  ficou satisfeita com o resultado. Após algumas horas diz ter sentido uma elevação e relaxamento. Após a auto-cirurgia, saiu, jantou e foi a uma festa. Nada convencional....  

2 comentários:

  1. Já tinha visto um médico salvar, uma pessoa porque a pressão intracraniana iria lesionar o cérebro, ai ele usou uma furadeira para poder diminuir a pressão, com isso ele conseguiu evitar que a pessoa tivesse uma sequela maior no cérebro!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ja ouvi isso tambem,como era médico não foi reconhecido como herói, mas se apessoa tivesse morrido ele seria acusado de assassinato garanto...

      Excluir